Decisão corajosa barra posse de Cristiane Brasil, afirma Roberto Livianu

Encaminhado a pedido do Dr. Roberto Livianu

Ministra do Trabalho barrada. Prevalecerá a ética ou o vale tudo?

Por esta lógica, ele poderia hipoteticamente querer empossar Josef Mengele, o médico nazista que mandou mais de 400.000 judeus para a morte Ministro da Saúde. Bastaria ele se naturalizar e não ter sido condenado criminalmente em definitivo. Ou outras pessoas igualmente não recomendáveis. É assim? Será que não é possível impedir a escolha de algum ministro obviamente afrontosa à ética e à moralidade administrativa?

Não se sabe qual será o desfecho desta situação, mas com certeza a Juíza que concedeu a liminar escreveu uma página digna na história da justiça do Brasil. Da prevalência da ética e da moralidade sobre uso arbitrário do poder, que já tinha ocorrido na edição do Decreto de Indulto e que tinha havido também no âmbito laboral quando uma Portaria da Presidência havia afrouxado regras protetivas ao ser humano na repressão ao trabalho escravo, dificultando-se por exemplo o acesso à lista negra, em plena vigência da Lei de Acesso à Informação Pública.

Leia a íntegra do artigo que acaba de ser publicado no Poder360:

https://www.poder360.com.br/opiniao/governo/decisao-corajosa-barra-posse-de-cristiane-brasil-afirma-roberto-livianu/