Blog da Folha reproduz artigo de procurador de Justiça

Jornalista Frederico Vasconcelos pontuou que o ‘Ministério Público não criminalizou a política’, ao reproduzir texto de dirigente do Movimento do Ministério Público Democrático

9 de outubro de 2017
Categoria: Geral

O site do jornal Folha de S.Paulo reproduziu no dia 03/10, no blog do jornalista Frederico Vasconcelos, artigo intitulado “Ministério Público não tem poder absoluto”, de autoria do procurador de Justiça Ricardo Prado Pires de Campos, 2º vice-presidente do Movimento do Ministério Público Democrático (MPD). Ao reproduzir o texto, o jornalista pontuou no título de sua postagem que o “Ministério Público não criminalizou a política”.

Diz trecho do artigo: “Recente editorial de relevante diário tece críticas à forma como se organiza e atua o Ministério Público e crava que a instituição detém poder absoluto. A resposta à crítica é muita clara: Não, o Ministério Público não tem poder absoluto. Se tivéssemos poder absoluto, o projeto das Dez Medidas contra a corrupção já estaria aprovado; não com a configuração inicial, mas estaria aprovado”.

Prossegue o texto do procurador de Justiça Ricardo Prado: “Se tivéssemos poder absoluto, haveria mais corruptos presos no âmbito da Lava Jato. Se tivéssemos poder absoluto, as fortunas criadas a partir da apropriação ilegal do dinheiro público seriam devolvidas ao Estado, e utilizadas a favor da população. Se tivéssemos poder absoluto, as leis seriam feitas no interesse da sociedade, e não para pagar dívidas de campanha com alguns grupos privados”.

 

CLIQUE AQUI PARA LER A ÍNTEGRA DO ARTIGO REPRODUZIDO NO BLOG DA FOLHA