Paulo Penteado se reúne com Relator da Reforma da Previdência

9 de maio de 2019

Penteado estava acompanhado do presidente da ANPR, José Robalinho Cavalcanti; o encontro foi articulado pelo líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), que participou da reunião e das discussões para alterações no projeto

Na busca por possíveis alterações no texto da Reforma da Previdência, apresentado pelo Governo Federal em fevereiro último, o presidente da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), Paulo Penteado Teixeira Junior e o presidente da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), José Robalinho Cavalcanti, reuniram-se nesta quarta-feira (8/5) com deputado federal Samuel Moreira (PSDB-SP), relator da proposta na Comissão Especial, criado pelo presidente da Casa, deputado Rodrigo Maia (DEM/RJ), para deliberar sobre o tema. O encontro foi articulado pelo líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio (SP), que participou da reunião. Durante o encontro, os presidentes apresentaram ao relator suas principais preocupações com o novo texto e os pontos mais nocivos da PEC 6/19  para as carreiras públicas.

Na quarta-feira (8/5), o presidente da entidade de classe participou também da reunião extraordinária da Conamp, que a convite do presidente da associação nacional, Victor Hugo Azevedo, contou com a presença do presidente do Conselho Nacional de Procuradores Gerais do Ministério Público dos Estados e Região (CNPG), Paulo Cezar dos Passos, Procurador-Geral de Justiça do mato Grosso do Sul. Na mesma data também esteve, representando o presidente da Conamp, com o presidente da Associação dos Magistrados do Brasil (AMB), Jayme de Oliveira,  e com a diretora-tesoureira adjunta, Maria Rita Manzarra, na sede da entidade, em Brasília, para discutir o tema e o esforço conjunto das entidades.

Penteado, que coordena o Grupo de Trabalhos da Previdência da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), durante sua estada na Capital Federal, reuniu-se com parlamentares, de partidos e estados diversos, a fim de elucidar pontos da PEC, que a força tarefa montada em Brasília com associações nacionais e estaduais de todo o país, acredita que devam ser alteradas. Para tanto a Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas) redigiu, emendas, que hoje já se encontram autenticadas, ou seja, já foram apresentadas à Comissão e seguem em período de coleta de assinaturas para admissibilidade. A diretoria da APMP realizou reuniões de trabalho com os deputados Capitão Augusto (PR/SP), Vinícius Carvalho (PRB/SP), Coronel Tadeu (PSL/SP), Paulo Pereira da Silva (SD/SP), Junior Lourenço (PR/MA), Luiz Flávio Gomes (PSB/SP), Carla Zambelli (PSL/SP) e Paulo Teixeira (PT/SP). Além disso, reuniu-se com as equipes da liderança do PSDB e do PDT.