Tereza Exner é eleita corregedora-geral para o biênio 2019-2020

7 de novembro de 2018

Vice-corregedor será o procurador de Justiça Motauri Ciocchetti

A procuradora de Justiça Tereza Cristina Maldonado Katurchi Exner será a corregedora-geral do Ministério Público de São Paulo (MPSP) no biênio 2019-2020. Primeira mulher a ocupar o cargo, Tereza foi eleita nesta quarta-feira (7) em votação realizada por meio de urnas eletrônicas na sede do MPSP e também por voto à distância, das 10h às 15h. Seu vice para o período será o procurador de Justiça Motauri Ciocchetti de Souza. Únicos candidatos ao pleito, Tereza Exner e Motauri Ciochetti recebam 249 votos. A nova corregedora-geral e seu vice assumirão os cargos no dia 1º de janeiro de 2019, para um mandato de dois anos.

Após a proclamação do resultado, a corregedora-geral recém-eleita agradeceu os votos recebidos e a confiança depositada em sua pessoa para ocupar tão importante cargo. Agradeceu também a seu antecessor, o procurador de Justiça Paulo Afonso Garrido de Paula: “Grande e valoroso amigo, que confiou em mim há quatro anos como sua vice o que me possibilitou este importante aprendizado”. Também parabenizou a equipe de promotores de Justiça que compuseram sua assessoria e o corpo de funcionários. Tereza Exner fez ainda um especial agradecimento à sua família, marido pai, filhas e irmão, às mulheres que a inspiraram e ao vice Motauri, que “generosamente aceitou esta empreitada”.

A corregedora-geral eleita também falou sobre a emoção de ser a primeira mulher do MPSP a ocupar o cargo. “Fico extremamente feliz em poder estar nesta posição, em ano no qual coincidentemente se comemoram os 30 anos da Constituição Federal, que possibilitou uma sociedade mais justa e igualitária, com homens e mulheres lado a lado”. Ela ainda garantiu que o trabalho da Corregedoria-Geral seguirá na mesma direção que vem seguindo nos últimos anos: “Tenho a forte vontade de colaborar, nesse cargo, para o engrandecimento do Ministério Público. A Corregedoria seguirá sendo uma grande parceira dos bons promotores e procuradores de Justiça, tudo em prol do crescimento da instituição”.

A Associação Paulista do Ministério Público (APMP) foi representada por sua diretora de Relações Públicas, procuradora de Justiça Paula Castanheira Lamenza.

A corregedora-geral eleita, Tereza Cristina Maldonado Katurchi Exner, é formada pela Universidade de São Paulo, em 1985. Iniciou sua carreira no Ministério Público em março de 1987, na Promotoria de Justiça de Vargem Grande do Sul, e é procuradora de Justiça desde abril de 2009. Foi integrante eleita do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça e há quatro anos ocupa o cargo de vice-corregedora-geral.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS