icon clock Leitura 1 min

AS CRECHES EM TEMPO DE CORONAVÍRUS – Luiz Antonio Miguel Ferreira e Luiz Gustavo Fabris Ferreira

Luiz Antonio Miguel Ferreira, Promotor de Justiça de SP, e Luiz Gustavo Fabris Ferreira

A pandemia pela qual passamos afetou todos os setores da sociedade, sem qualquer distinção. Obviamente, a educação também sentiu os seus reflexos. Em razão do isolamento social, Estados e Municípios suspenderam o atendimento educacional de maneira geral, incluindo as creches. A questão que se apresenta é: quais os reflexos diretos e indiretos que proporcionará as crianças este afastamento da creche?

A resposta pode ser dada de várias maneiras. Em primeiro lugar o lado positivo. Como o afastamento não envolve somente as crianças, mas também os seus familiares, não há como negar que o momento é extremamente propício para o desenvolvimento de vínculos afetivos, muitas vezes comprometidos em face da dinâmica familiar e social. Até mesmo aqueles que estão em home office terão oportunidade de uma convivência mais próxima.

Clique aqui para ler artigo na íntegra.

Outros Artigos

O vaivém da fome

Dimas Ramalho

São Paulo e seu Tribunal de Justiça (5ª Parte)

Carlos Francisco Bandeira Lins

Do vento e outras agitações

José Benjamim de Lima

Narrativa (poesia)

José Benjamim de Lima