Secretário da APMP representará Conamp na Comissão de Previdência da Frentas

  Na manhã de quarta-feira, 11/01, foi realizada reunião com dirigentes de entidades associativas de todo o país na sede da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), em Brasília, para debater ações sobre a questão previdenciária. Por ter produzido Nota Técnica sobre a Reforma da Previdência da Associação Nacional dos Membros do […]

30 de janeiro de 2017
Categoria:

 

Na manhã de quarta-feira, 11/01, foi realizada reunião com dirigentes de entidades associativas de todo o país na sede da Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra), em Brasília, para debater ações sobre a questão previdenciária. Por ter produzido Nota Técnica sobre a Reforma da Previdência da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), a Associação Paulista do Ministério Público (APMP) foi convidada a participar do encontro. Na reunião, foi criada a Comissão de Previdência da Frente Associativa da Magistratura e do Ministério Público (Frentas).

O 1º secretário da APMP, Paulo Penteado, autor da Nota Técnica encampada pela Conamp, foi designado pela presidente daquela entidade, Norma Angélica Reis Cardoso Cavalcanti, para integrar esta nova comissão. A reunião também teve a apresentação formal para os representantes das entidades de todo o país do novo presidente da APMP, José Oswaldo Molineiro, que reafirmou o compromisso de mobilização institucional permanente em Brasília, em conjunto com a Conamp, com as associações estaduais e com as demais entidades que compõem a Frentas, para garantir os direitos e prerrogativas dos membros do Ministério Público e da Magistratura.

Paulo Penteado agradeceu a honra de representar a Conamp e seus mais de 15 mil associados na Comissão de Previdência da Frentas e fez um resumo da Nota Técnica sobre a Reforma da Previdência encampada pela entidade nacional, de sua autoria, que contou com a colaboração das diretoras do Departamento de Previdência da APMP, Deborah Pierri e Maria da Glória Villaça Borin Gavião de Almeida, do ex-tesoureiro Marcelo Rovere, do diretor de Prerrogativas Financeiras, Daniel Leme de Arruda, dos procuradores aposentados Carlos Francisco Bandeira Lins, Carlos Frederico Coelho Nogueira e Airton Florentino de Barros, de uma das assessoras de Imprensa da APMP, Paula Dutra, do gerente de Informática, Ricardo Roxo, e do encarregado de Publicações, Rodrigo Vicente de Oliveira.

Além dos dirigentes da Anamatra, da Frentas, da Conamp e da APMP, compareceram à reunião em Brasília representantes da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), da Associação dos Juízes Federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Ajufesp), da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), da Associação Nacional dos Procuradores da República (ANPR), da Associação Nacional dos Procuradores do Trabalho (ANPT), da Associação do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (AMPDFT), da Associação Nacional do Ministério Público Militar (ANMPM), do Instituto Brasileiro de Atuária, (IBA), da Auditoria Cidadã da Dívida, da Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal do Brasil (Anfip), da Associação Nacional Agentes Segurança Privada (Anasp) e das regionais da Associação dos Magistrados de Justiça do Trabalho (Amatras) 1 (Rio de Janeiro), 5 (Bahia), 6 (Pernambuco), 8 (Pará), 10 (Distrito Federal e Tocantins) e 24 (Mato Grosso do Sul).

REUNIÃO NA CONAMP – Na parte da tarde do dia 11/01, houve outra reunião, desta vez na sede da Conamp e restrita aos representantes de entidades e associações do Ministério Público e da Magistratura. O encontro contou com as presenças do presidente da APMP, José Oswaldo Molineiro, e do 1º secretário, Paulo Penteado. Na ocasião, além da continuidade do debate sobre a previdência, foram discutidas estratégias de atuação institucional conjunta, em Brasília, em questões de interesse dos magistrados e dos membros do Ministério Público brasileiro.