APMP recebe o procurador de Justiça Pedro Franco de Campos

11 de julho de 2019

Integrante do Órgão Especial gravou entrevista na qual falou sobre sua carreira no MPSP

Convidado pela diretoria da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), o procurador de Justiça Pedro Franco de Campos, membro nato do Órgão Especial, gravou entrevista para o “APMP Carreiras”, projeto que resgata histórias da vida profissional dos membros do Ministério Público.

Na ocasião, o procurador de Justiça relembrou momentos que antecederam a Constituição de 1988 e mencionou as Promotorias de Justiça pelas quais passou no início da carreira, após o ingresso em 1977. Aos 42 minutos, Pedro Franco relata, em detalhes,  sobre o primeiro encontro com todos os procuradores-gerais de Justiça e presidentes de Associações, evento que discutiu as diretrizes do Ministério Público brasileio. O evento aconteceu em Curitiba, onde nasceu o documento intitulado “Carta de Curitiba”, com as postulações do Ministério Público, que depois se “transformou nesta plataforma Constitucional de 1988”, como mencionou na entrevista.

Carreira

Membro nato do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça do Ministério Público de São Paulo. Participou da banca examinadora de concursos por duas vezes. Foi membro eleito do Conselho Superior e do Órgão Especial, do qual também foi secretário. Ingressou na instituição em 1977. Foi assessor e chefe de gabinete da Procuradoria-Geral de Justiça e diretor da APMP. Fora da carreira, foi secretário da Segurança Pública e chefe de gabinete da extinta Secretaria Estadual de Defesa do Consumidor.

CLIQUE ABAIXO PARA ASSISTIR À ENTREVISTA NA ÍNTEGRA