Auditoria da ISO aprova gestão da Associação Paulista do Ministério Público

14 de dezembro de 2018

Após auditoria, certificadora declarou que a entidade de classe está apta à recertificação ISO 9001

A Associação Paulista do Ministério Público (APMP) recebeu, nesta sexta-feira (14), mais uma prova da eficiência de sua gestão administrativa: após três dias intensos de auditoria periódica, a certificadora da ISO 9001 (Rina Brasil) declarou que a entidade de classe está apta à recertificação ISO 9001, o que deverá ocorrer em 2020, quando expira a validade do atual certificado. Para essa conquista, são obrigatórias as auditorias anuais de manutenção: “Neste processo, nossa auditoria é por amostragem, mas a empresa ou entidade não pode ter nenhuma não conformidade grave. Nós recomendamos a APMP para a manutenção da ISO”, declarou o auditor Sergio Dutenhefner, responsável pela 1° auditoria periódica de manutenção da certificação do sistema de gestão de qualidade, versão 2015, da norma ISO 9001.

O 1º tesoureiro da APMP, Renato Kim Barbosa, que é também coordenador da reestruturação administrativa da Associação, disse que a “auditoria veio mostrar que estamos no caminho certo, buscando sempre o profissionalismo e a otimização de recursos, conforme orientação e supervisão do presidente Molineiro e da diretoria. Passamos por uma grande reformulação interna, com a finalidade de maximizar a eficiência e, por consequência, produzir resultados de excelência aos associados. E esta é mais uma vitória de todo o esforço empreendido nos últimos anos de gestão. Obrigado a todos os diretores e funcionários”. Renato Kim também agradeceu à Versattil Consultoria em Gestão Empresarial, que, por meio do consultor Cezar Belmonte, tem acompanhado o desempenho da Associação, direcionando e aprimorando os processos de trabalho da entidade de classe para que continue merecedora do certificado.

Em 2014, ao conquistar a primeira certificação da ISO 9001, após esforço coletivo de dirigentes e funcionários, a APMP implementou um conjunto de requisitos e normas técnicas que atestam a confiança de que a organização é capaz de fornecer regularmente produtos e serviços que atendam às necessidades e expectativas de seus associados e que estão em conformidade com as leis e regulamentos aplicáveis. Porém, ainda mais difícil do que obter a ISO 9001 é ter sua certificação mantida. O resultado de todo o esforço é a padronização e a continuidade de processos, a definição de fluxos e a responsabilidade de cada um dos colaboradores.