CNMP: Audiência Pública debate a representatividade feminina

15 de outubro de 2018

Promotora de Justiça Gabriela Manssur está entre as expositoras

A Comissão de Defesa dos Direitos Fundamentais do Conselho Nacional do Ministério Público (CDDF/CNMP) realizará, no próximo dia 17 de outubro, na sede do CNMP, audiência pública para debater a representatividade das mulheres em eventos jurídicos, como palestrantes, conferencistas, debatedoras e congêneres. Entre as expositoras, haverá a participação da promotora de Justiça Maria Gabriela Prado Manssur, da APMP Mulher.

A audiência, que contará na abertura com a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, objetiva ouvir a sociedade civil, autoridades e especialistas no assunto. A iniciativa consta no procedimento interno de comissão, instaurado pelo conselheiro e presidente da CDDF/CNMP, Valter Shuequener, visando a empreender estudos sobre o tema.

De acordo com informações do CNMP, o presidente ainda destacou que a Comissão de Planejamento Estratégico já realizou um trabalho de diagnóstico a respeito da representatividade feminina em cargos de mando, decisão, chefia e assessoramento em todos os ramos do Ministério Público brasileiro, consolidado no relatório “Cenários de Gênero”.

Também foi constatado que a igualdade entre gêneros não corresponde à realidade dos quadros funcionais dos diversos ramos ministeriais. Para o conselheiro, porém, falta um diagnóstico a ser feito sobre a participação das mulheres nas posições de palestrantes, conferencistas, debatedoras e congêneres nos eventos jurídicos promovidos pelas unidades do Ministério Público.

CLIQUE AQUI PARA VER A PROGRAMAÇÃO

 

(Com informações do portal do CNMP)