Mais de 600 pessoas participam do 1º Fórum Internacional Integrado

18 de novembro de 2019

Evento foi organizado em conjunto pela APMP, pelo Governo do Estado e pela Sociedade Consular

Mais de 600 pessoas participaram do 1º Fórum Internacional Integrado, organizado em conjunto pela APMP (Associação Paulista do Ministério Público), pelo Governo do Estado e pela Sociedade Consular. O evento foi realizado no último dia 11, no Palácio dos Bandeirantes, na capital.

O tema deste 1º Fórum Internacional Integrado foi “Segurança Pública e Segurança Digital”. Estados Unidos da América, Israel, Japão e Coreia do Sul enviaram palestrantes, além de diversos outros países que estiveram representados no evento.

A mesa diretora da abertura reuniu o presidente da APMP, Paulo Penteado Teixeira Junior; o secretário de Estado de Relações Internacionais, Julio Serson; o presidente da Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo), Cauê Macris; o secretário de Estado da Segurança Pública, João Camilo Pires de Campos; o reitor da (USP) Universidade de São Paulo, Vahan Agopyan; e o presidente da Sociedade Consular e cônsul-geral da República da Coreia, Hak You Kim.

Também representaram a APMP na ocasião o 1º tesoureiro, Renato Kim Barbosa, um dos organizadores do evento, e o 1º secretário, Pedro Eduardo de Camargo Elias. Compareceram vários membros do MPSP (Ministério Público de São Paulo) e de outras carreiras jurídicas, de entidades e associações de classe, de empresas, do meio acadêmico, das Polícias Militar e Civil e dos Poderes Legislativo e Executivo.

 

O Painel 1 do Fórum, sobre Segurança Pública, foi mediado por Maristela Basso, professora de Direito Internacional da USP e assessora especial do Governo do Estado, primeira falar. Depois, pela ordem, falaram o cônsul Hak You Kim, o reitor Vahan Agopyan, o dirigente associativo Paulo Penteado, o deputado Cauê Macris e o secretário Julio Serson. “Não viemos discutir o hoje, mas, sim, formatar o amanhã”, afirmou o presidente da APMP. “A Segurança Pública é um bem jurídico caríssimo para nós. Veremos, aqui, a importância da tecnologia para resguardá-la e o quanto isso impactará em cada um de nós”, ressaltou Paulo Penteado.

Na sequência, o primeiro painel do Fórum Internacional, sobre Segurança Pública, teve início com apresentação do general João Camilo Pires de Campos, que falou sobre “Estrutura da Segurança Pública no Estado de São Paulo”. Completaram o painel da parte da manhã, pela ordem, as apresentações “Ministério Público do Estado de São Paulo e Segurança Pública”, feita pelo procurador-geral de Justiça, Gianpaolo Poggio Smanio; “Cooperação japonesa na área de Segurança Pública”, feita pelo cônsul geral do Japão, Yasushi Noguchi; “Dark Web Forensics Investigation”, feita pelo inspetor sênior na Agência de Polícia Provincial de Jeju (República da Coreia), Kim Beom Yeon; e “Inovação em Segurança no Estado de Israel”, feita pelo cônsul geral de Israel, Alon Lavi. A assessora especial do Governo do Estado, Maristela Basso, encerrou a primeira parte do Fórum com um resumo das atividades da manhã.

Na parte da tarde, houve mais dois painéis sobre Segurança Digital. O Painel 2, com mediações feitas por Paulo Penteado, Renato Kim Barbosa e Luiz Fernando Rodrigues Pinto Junior, teve apresentações feitas por Alfredo Deak Junior, diretor de Justiça e Segurança Pública da Microsoft; Richard Pae Kim, secretário especial de Programas, Pesquisas e Gestão Estratégica do Conselho Nacional de Justiça (CNJ); Eduardo Ulian, procurador de Justiça; Bráulio Gusmão, Jurista; Eduardo Tuma, presidente da Câmara Municipal de São Paulo; Felipe Dal Belo, membro do Conselho Científico (CRC) da USP; Nathan Glina, promotor de Justiça; Marco Bertaiolli, deputado federal; e David Brassanini, adido do Federal Bureau of Investigation (FBI) dos Estados Unidos; e Daniel Ackerman, assessor internacional para Delitos Informáticos e Propriedade Intelectual do US Department of Justice.

Já o Painel 3, com mediação feita por Pedro Eduardo de Camargo Elias, teve apresentações da professora universitária Carla Harada, que explanou sobre “Constituição e Direito Digital”; Gerson Damiani, diretor executivo do CRC, attaché internacional do Gabinete do Reitor da USP; Marcos Simplício; professor do Departamento de Engenharia da Computação da Escola Politécnica (Poli) da USP; Eduardo Jordão, consultor de Soluções da Adobe; Kalinka Castelo Branco, professora doutora do Departamento de sistemas de Computação do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP; e José Matias, da Mcafee, customer sucess group diretor – LTAM.

 

ENCERRAMENTO

O encerramento ocorreu no início da noite com mesa de trabalhos formada pelo presidente da APMP, pelos secretários estaduais de Relações Internacionais e da Segurança Pública e pelo presidente da Sociedade Consular.

 

AUTORIDADES PRESENTES

Entre as autoridades que acompanharam o evento, além das já citadas, estavam Gustavo Diniz Junqueira, secretário de Estado de Agricultura e Abastecimento; Ángel Vázquez Díaz de Tuesta, cônsul-geral da Espanha; Elizeu Machado de Lima, cônsul honorário da República de Fiji; Fiorella Baggio Biasoli, cônsul-geral de Malta; Heather Cameron, cônsul-geral do Canadá; Ibrahim Salem Alalawi, cônsul-geral dos Emirados Árabes Unidos; Ricardo Cateb Cury, cônsul honorário de Myanmar; Stella Maria da Graça Santana e Sousa Santiago, cônsul-geral de Angola; Szilárd Teleki, cônsul-geral da Hungria; Urs Brönnimann, cônsul-geral da Suiça; Isaú Sulano Boco, vice-cônsul de Angola; Sebastian Klein, cônsul jurídico da Alemanha; Yoshihiro Kikuta, cônsul do Japão para assuntos policiais; Zsuzsanna László, cônsul-geral adjunta da Hungria; Alexandro Ribeiro Pereira, prefeito de Turmalina; Dieb Taha, prefeito de Colina; Dirlei Salas Ortega, prefeito de Araçoiaba da Serra; Helena Berto Tomazini Sorroche, prefeita de Alto Alegre; Luiz Oscar Vitale Jacob, prefeito de Amparo; Maria de Lourdes de Oliveira Carvalho, prefeita de Natividade da Serra; Paulo Cesar Lopes do Nascimento, prefeito de São José da Bela Vista; Tânia Liana Toledo Yugar, prefeita de Nova Granada; Carlos Setsuo Mutou, secretário de Segurança Urbana de Poá; Luis Alberto Irikura, secretário adjunto de Segurança de Rio Claro; Osvaldo Vergílio Junior, secretário da Segurança Pública de Aguaí; Mirella Amato di Fiori, assessora parlamentar, representando a deputada estadual Carla Morando; Alfredo Kawassaki, vice-chanceler da International Association of Educators for World Peace (Iaewp) – Capítulo Brasil, ligada à Organização das Nações Unidas (ONU); Juliana Pasti Villalba, diretora técnica da Agência Metropolitana de Campinas (Agemcamp); Marcos da Costa, ex-presidente da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção São Paulo (OAB-SP).

 

 

Clique aqui para ver todas as fotos