Ministério Público é a Instituição mais atacada do Brasil, afirma PGJ/PE.

3 de agosto de 2017

Francisco Dirceu de Barros, procurador-geral de Justiça de Pernambuco, afirmou isso em entrevista divulgada pelo Blog do Diário, nesta data “Estamos pagando o preço dos nossos acertos. O Ministério Público se tornou a instituição mais perseguida do Brasil”, afirmou o promotor de Justiça Francisco Dirceu, procurador-geral de Justiça de Pernambuco. O PGJ apontou o elevado […]

Francisco Dirceu de Barros, procurador-geral de Justiça de Pernambuco, afirmou isso em entrevista divulgada pelo Blog do Diário, nesta data

“Estamos pagando o preço dos nossos acertos. O Ministério Público se tornou a instituição mais perseguida do Brasil”, afirmou o promotor de Justiça Francisco Dirceu, procurador-geral de Justiça de Pernambuco. O PGJ apontou o elevado número de propostas de emendas constitucionais e de projetos de lei em trâmite no Congresso Nacional brasileiro – 1.082 ao total – que podem criar entraves à atuação do Ministério Público na defesa da sociedade, algo parecido com o que se viu após a “Operação Mãos Limpas, que combatia a corrupção na Itália, mas fracassou exatamente pelas iniciativas de governantes e parlamentares de garantir imunidade e reduzir as investigações de autoridades”.

Clique aqui e veja a íntegra da matéria.