MPSP elege novos membros para o Órgão Especial no biênio 2020-2021

27 de novembro de 2019

Durante o pleito, os procuradores de Justiça também elegeram os cinco membros da Comissão Processante Permanente (CPP)

O Ministério Público de São Paulo (MPSP) elegeu, nesta quarta-feira (27), os 20 novos membros do Órgão Especial do Colégio de Procuradores de Justiça para o biênio 2020-2021. Também foi eleita a nova composição da Comissão Processante Permanente (CPP). As duas eleições aconteceram simultaneamente, das 10 às 15 horas, presencialmente no Auditório Tilene de Moraes, na sede do MPSP, e também pelo sistema de voto à distância.

Dos 295 procuradores habilitados a votar, 94,2% exerceram a sua prerrogativa e escolheram os 20 integrantes que irão compor o Órgão Especial ao lado dos 20 procuradores de Justiça mais antigos (membros natos), do procurador-geral de Justiça e da corregedora-geral. Concorreram aos cargos 36 procuradores de Justiça. Durante o pleito, os procuradores de Justiça também elegeram os cinco membros da Comissão Processante Permanente (CPP), criada pela Lei Complementar 1147, de 6 de setembro de 2011.

A seguir os eleitos ao OE, por ordem de classificação.

Juang Yuh Yu (170); Antonio Calil Filho (158); Jorge Assaf Maluly (157); Arthur Medeiros Neto (149); Edgard Moreira da Silva (148); Ana Margarida Machado Junqueira Beneduce (145); Martha de Toledo Machado (140); Silvia Reiko Kawamoto (139); Antonio Lopes Monteiro (138); Marcos Hideki Ihara (137); Antonio Celso Pares Vita (134); Rodrigo Canellas Dias (132); Pedro de Jesus Juliotti (128); Mario Antonio de Campos Tebet (119); José Reynaldo de Almeida (118); José Roberto Rochel de Oliveira (117); César Dario Mariano da Silva (116); Saad Mazloum (109); Fabio Antônio Pineschi (104); e Aloisio Antonio de Camargo Barros Pupin (101).

A seguir os eleitos ao CPP, por ordem de classificação

José Roberto Jauhar Julião (214); Paulo Sérgio Puerta dos Santos (203); Isabela Rípoli Martins (192); Wanderleya Lenci (184), e Vilma Hayek (181).