Nota de Pesar pelo falecimento do Dr. Oscar Xavier de Freitas

É com profundo pesar que a Diretoria da Associação Paulista do Ministério Público (APMP) comunica aos seus associados o falecimento, aos 94 anos, do procurador de Justiça aposentado, ex-diretor da entidade de classe, Oscar Xavier de Freitas, na segunda-feira (14/5).

15 de maio de 2018
Categoria: Geral

NOTA DE PESAR

É com profundo pesar que a Diretoria da Associação Paulista do Ministério Público (APMP) comunica aos seus associados o falecimento, aos 94 anos, do procurador de Justiça aposentado, ex-diretor da entidade de classe, Oscar Xavier de Freitas, na segunda-feira (14/5).

Xavier de Freitas teve grande participação e importância na história do Ministério Público de São Paulo (MPSP), no qual ingressou em 1947, e dedicou quase 35 anos de sua vida à luta pela democracia e pela Justiça, deixando o Parquet paulista em 1981. Foi um dos fundadores da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp, na época Caemp) e seu primeiro presidente, entre os anos de 1971 e 1975, por duas gestões consecutivas. Ocupou, nesse mesmo período, o cargo de Procurador-Geral de Justiça do MPSP. Oscar Xavier de Freitas havia ainda sido Tesoureiro da APMP nos biênios 1957/1958 e 1959/1960, deixando grandes marcas na vida institucional dos membros do Ministério Público.

A Diretoria da APMP gostaria de se solidarizar e deixar seus votos de mais sinceras condolências aos amigos e à família enlutada, em especial aos seus filhos, o procurador de Justiça aposentado João Eduardo Gesualdi Xavier de Freitas, o 3º promotor de Justiça de Araras, Marco Antonio Gesualdi Xavier de Freitas, e a 12ª promotora de Justiça de Sorocaba, Marilia Gesualdi Xavier de Freitas.

Diretoria da Associação Paulista do Ministério Público