Órgão Especial aprova moção de congratulações a diretores da APMP

8 de janeiro de 2019

Proposição partiu do procurador-geral de Justiça em exercício, Walter Paulo Sabella, em reunião realizada no último dia 19 de dezembro

O Órgão Especial do Colégio de Procuradores (OE) aprovou por unanimidade em sua última reunião ordinária do ano de 2018, realizada em 19/12, moção de congratulações e aplausos para o então presidente da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), José Oswaldo Molineiro, e para o recém-eleito presidente para o próximo biênio, Paulo Penteado Teixeira Junior.

A proposição partiu do então procurador-geral de Justiça em exercício, Walter Paulo Sabella, que, em sua fala, destacou a atuação do presidente Molineiro à frente da entidade de classe, bem como as dificuldades superadas “em tempos de grandes desafios para a Instituição do Ministério Público”. Sabella também ressaltou o trabalho realizado pelo presidente eleito da APMP, Paulo Penteado, principalmente em relação “às lutas da classe, em temas do mais alto interesse para o Ministério Público e para seus membros, da ativa, aposentados e pensionistas, tornando-se uma figura de renome nacional, não só na cena classista, como no Congresso Nacional, em cujas Casas – Câmara e Senado – fez exposições para parlamentares e carreiras jurídicas a respeito da Reforma da Previdência e dos seus efeitos, tendo percorrido o Brasil com  palestras e participação em painéis”, disse.

O procurador-geral em exercício cumprimentou as diretorias da APMP, tanto a que agora encerra o mandato, pelo trabalho realizado, como a que tomará posse, pela expressiva votação recebida. Durante o mesmo encontro, Sabella também propôs moção de congratulações e aplausos à procuradora de Justiça Tereza Exner e ao procurador de Justiça Motauri Chiocchetti de Souza, respectivamente corregedora-geral e vice-corregedor-geral, recentemente eleitos, dando relevo ao trabalho do procurador de Justiça Paulo Garrido à frente da Corregedoria-Geral nos últimos quatro anos.