Retrato de Walter Sabella é inaugurado na Galeria de Secretários do OE

28 de novembro de 2018

O presidente da APMP, José Oswaldo Molineiro, discursou durante a solenidade no colegiado

O procurador-geral de Justiça em exercício, Walter Paulo Sabella, teve seu retrato inaugurado na Galeria dos Secretários do Órgão Especial do Colégio de Procuradores do Ministério Público do Estado de São Paulo (MPSP), durante reunião do colegiado realizada na quarta-feira, 28/11, no Auditório “Tilene Almeida de Morais” do edifício sede da Instituição. O procurador de Justiça exerceu a secretaria do Órgão Especial por dois biênios, 2014/2015 e 2016/2017. A solenidade de inauguração do retrato foi presidida por Fernando José Marques, decano do Órgão Especial, que compôs a mesa junto com o homenageado; com Antônio de Pádua Bertone Pereira, atual secretário do colegiado; com o corregedor-geral, Paulo Afonso Garrido de Paula; com Olheno Ricardo de Souza Scucuglia, secretário do Conselho Superior do Ministério Público (CSMP); com o secretário de Estado da Segurança Pública, Mágino Alves Barbosa Filho; e com o presidente da Associação Paulista do Ministério Público (APMP), José Oswaldo Molineiro, que discursou na ocasião.

O homenageado agradeceu as palavras e a presença de todos na solenidade. “Gostaria de lhes dizer como vejo o ato ritualístico de ampliação de uma galeria de fotografias. Não obstante, o que se deseja à adição de uma imagem individual, o valor simbólico de uma galeria, para mim, é o valor que identifica, plasma, prova, evidencia o trabalho coletivo de cada geração e de todos”, afirmou Walter Sabella, que, entre inúmeras funções que exerceu no MPSP, foi presidente da APMP (biênio 1992/1994). “Se fosse materialmente possível, as galerias deveriam ocupar paredes intermináveis, para que todas as imagens de todos os integrantes de cada geração fossem ali afixadas. Porque todos os integrantes de uma geração, e de todas as gerações, por consequência, em maior ou menor escala, dão a sua contribuição na construção das pilastras de sustentação institucional”, completou.