Um mês do falecimento do Procurador de Justiça Aposentado Salvador Stella

Salvador Stella prestou valoroso serviço à sociedade Paulista e engrandeceu o quadro do Ministério Público Brasileiro

Publicado em 6 de abril de 2021

Na data de hoje, 6 de abril, completa um mês do falecimento do Procurador de Justiça aposentado e estimado colega Salvador Stella. Formado em Direito pela Faculdade do Largo São Francisco no ano de 1952, ele ingressou no MPSP em 1955. Deu início à carreira atuando na comarca de Apiaí, seguindo a vocação em processo criminal, manifestada já durante os estudos.  

O percurso profissional uniu-se à vida pessoal quando, em Ibitinga, conheceu aquela que se tornaria sua esposa,Terezinha Luzia Mancini, professora do Ensino Público Estadual, com quem teve dois filhos, Marcelo e Luciana. A caminho da Entrância Especial, passou ainda por Sorocaba. Em sua atuação em São Paulo foi Promotor da Vara Distrital da Vila Prudente, passando também por Jabaquara. Aposentou- se em 1983, abrindo caminho para os mais jovens, com o sentimento de dever cumprido e a visão de que muito havia a ser feito pelos sucessores, tanto pelo Ministério Público como pelo Brasil.

Entre os amigos e familiares, Salvador Stella era reconhecido por seu grande apreço pela cultura, sendo um poliglota autodidata, que falava sete idiomas, entre eles Grego e Latim. O Alemão foi aprendido na escuta de notícias da Segunda Guerra Mundial. Ávido por leitura e amante da música clássica, sempre tocou violino. 

Filho de Rosário e Aurora Magnicaro Stella, era o terceiro dos cinco irmãos. Sempre foi um cidadão, profissional, pai e marido exemplar, se pautando pela humildade e pela retidão de caráter. Partiu deixando saudosos  esposa, filhos e netos e as lembranças que determinaram de forma indelével a formação de cada um que com ele conviveu.