icon clock Leitura 1 min

Ministra do Trabalho por 63 dias? – Dr. Roberto Livianu

Encaminhado a pedido do Dr. Roberto Livianu

Ministra do Trabalho por 63 dias?

Vamos supor que estivéssemos falando de um Pelé em sua área, como o médico Drauzio Varella na saúde, ou mesmo que pudéssemos trazer de volta ao mundo Nelson Mandela (1918-2013) para ser nosso ministro da Igualdade Racial. O que poderiam, do alto de suas genialidades, fazer pelo Brasil em 63 dias?

O que uma pessoa já condenada em definitivo por obrigar um colaborador a trabalhar 15 horas por dia, e que se encontrava em vias de ser novamente condenada, acrescentaria como paradigma das relações laborais exercendo a função de ministra, por 63 dias, além de enriquecer o próprio currículo e pôr seu retrato na galeria de ex-ministros?

Leia a íntegra do artigo na Folha de S.Paulo de hoje.
http://m.folha.uol.com.br/opiniao/2018/01/1954581-ministra-do-trabalho-por-63-dias.shtml?mobile

Outros Artigos

Linguagem jurídica e cidadania

José Benjamim de Lima

O Promotor de Justiça (poesia)

José Benjamim de Lima

O autismo e as leis

Dimas Ramalho, Karina Maia e Mariana Mársico

O juiz de fora

Antonio Carlos Augusto Gama